Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

A quantidade de álbuns que vazam toda semana é absurda. Nos últimos dias, tudo resolveu surgir ao mesmo tempo: The National, Crystal Castles, The New Pornographers, Jamie Lidell, Foals, Hold Steady, Black Keys, Gogol Bordello… muita, muita coisa. Daí vem aquela questão: ninguém vive de brisa e de ficar ouvindo música e suspirando pelas faixas mais bonitas. A gente trampa (e muito), fala no msn, liga pra cá, liga pra lá, resolve problemas, etc. E, enquanto faz tudo isso, vai ouvindo música da maneira que dá. Aposto que muita coisa que você ouviu durante o trampo nem fica gravado na sua memória – vai pro lixo como se fosse um álbum inédito.

Acho uma caretice do caralho esse povo que fica falando que o mundo moderno é fútil e todas as coisas são efêmeras – e que a rapidez necessariamente é uma coisa do demônio. Eu amo uma adrenalina, adoro as coisas rápidas, fugazes, e não acho que desacelerar seja uma coisa obrigatoriamente boa. Calma lá, caso contrário vira chatice politicamente correta. Mas uma coisa é verdade: essa mania de tentar otimizar o tempo fazendo absolutamente tudo na mesma hora faz com que ouvir música seja só uma desculpa pra ficar de fone de ouvido. Porque não dá para prestar atenção em tudo ao mesmo tempo, e música não pode ficar em segundo plano.

Daí que eu me pergunto: a gente ouve tudo na pressa. Correndo, fazendo um milhão de coisas. E existem tantos álbuns na fila que ouvimos no máximo uma vez cada um deles. Ou seja, tudo fica superficial, volúvel, e não em um bom sentido.

A pergunta que fica na minha cabeça é: como ficarão esses álbuns que achamos lindos (e, claro, os que achamos sofríveis) quando forem ouvidos na janela, de tardinha, em um dia de folga, com tempo de sobra e um cigarro na mão? Será que não vale tentar antes de fazer uma resenha baseada em duas ouvidinhas rápidas?

Música é uma coisa que cresce. Mas pede tempo, e bastante…

Tirei a imagem daqui.

Anúncios

Read Full Post »

Quem viu a capa do Los Angeles Times com essa publicidade nada discreta?

Já virou pauta nos demais jornais do mundo.

Read Full Post »

Quero muito essa camiseta!

Read Full Post »

Read Full Post »

Tá de bobeira hoje? Mesmo que não esteja, vale a pena dar uma passada no CB para assistir ao show de Gabriel Bubu (guitarra e voz), Gustavo Benjão (guitarra e voz), Marcelo Callado (bateria e voz) e Ricardo Dias Gomes, que comandam o Do Amor.

O quarteto do Rio traz canções antigas para o show de hoje, além de dar um gostinho do próximo CD do grupo, que sai este ano. Você já deve ter visto o pessoal do grupo: Marcelo e Ricardo fazem parte da banda de Caetano em e Zii e Ziê, Benjão já foi do Nervoso e os Calmantes e Bubu tocou no Los Hermanos, além de todo mundo acompanhar a cantora Nina Becker em suas turnês.

Abaixo, o clipe de Cachoeira. Vamo?

Do Amor no CB

Quando: hoje (25), à meia-noite

Onde: CB – Rua Brigadeiro Galvão, 871 – Barra Funda

Quanto: R$20 (porta) e R$15 (lista)

Discotecagem: Lulina

Read Full Post »

O álbum mais recente do Weezer, Raditude, dividiu as opiniões da crítica especializada. Teve gente que adorou a vibe puramente pop da nova empreitada de Rivers Cuomo – e outros que acharam que o Weezer perdeu o espírito provocativo e caiu no genérico.

Mas em uma coisa quase todo mundo concorda: que a balada Love Is The Answer é bem chatinha. Curiosamente, foi essa a faixa que o Weezer escolheu para um concurso de remixes. OK, essa iniciativa não é nada inédita – o que não falta hoje é artista resolvendo pagar de colaborativo (nada contra, as vezes dá certo, as vezes é oportunismo, depende do caso), mas o Weezer garantiu que o ganhador do concurso não só vai ter sua faixa em uma edição especial de Raditude, como vai receber direitos autorais pela venda da faixa.

Manda brasa se inscrevendo aqui. Aliás, aproveita porque a própria banda falou que vale tudo: hip hop, reggae, dance, ska, trance…

Read Full Post »

Já tinha falado aqui sobre o debut solo do Jónsi Birgisson, do Sigur Rós, intitulado Go. E agora saiu o primeiro clipe do álbum, da música Go Do. Lindo – como já era de se imaginar.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

more about “Go Do – Jónsi Birgisson“, posted with vodpod

Read Full Post »

Older Posts »